15 Mcs de Batalhas Que Conquistaram os Palcos do Rap Brasileiro

Muitos rappers brasileiros antes de fazer sucesso com a música começaram nas rodas de rua, você sabia disso?

A maioria comçou sem pretenção nenhuma em ser artista, apenas se sentia parte das rodas cultuais e buscavam apenas diversão ou encontravam na roda um refúgio social, pra esquecer os problemas do seu dia a dia.

Muitos Artistas listados aqui, conseguiram fama por se destacarem nas batalhas e ganhavam visibilidade ao longo do tempo, mas como toda regras tem sua exceção, Muitos Mcs pesados de batalhas não conseguiram uma boa atuação na cena músical, e alguns que eram medianos nos duelos alcançaram sucesso nacional.

Então, chega de enrolação e vamos a lista de Mcs que sairam das batalhas de rap para os palcos do rap brasileiro.



Mc Marechal

MC Marechal

Um dos maiores nomes do rap nacional, MC Marechal se destacou, principalmente , na batalha do Real, no Rio de Janeiro. Espirito independente como se intitula, segue sua trajetória sozinho.
Conheça a historia completa de MC Marechal


Batalha lendária entre Marechal x Don Negrone




Nissin

Nissin

Participou da Liga dos MC's de 2006, 1º lugar no Ranking Anual de pontos corridos na Batalha do Conhecimento em 2008 e fundou em 2009 o grupo Oriente, do qual faz parte até hoje !!!


Final da Batalha do Real (3º round) - Nissin x Durango Kid




Emicida

Emicida

Talvez a história mais famosa de um MC que fez sucesso nas batalhas e virou um artista mundialmente respeitado. Emicida ganhou esse apelido por ser "homicida de Mcs", o cara era uma máquina de punchilines e abriu muitas portas e deu visibilidade pro rap brasileiro.


Final Liga dos Mcs 2006 - Emicida x Gil




MC Maomé

Maomé

Maomé, chama os Muleque, da Cone Crew Diretoria, Chegou na final na Liga dos Mcs em 2007 e Campeão da Liga Nacional de 2008. Pouco brabo né?


Final Liga 2008 - Maomé X MC Loco




Diomendes Chinaski

Diomedes Chinaski

Diomedes veio da Batalha da Escadaria - Recife(PE). Longa trajetória no rap, chegou na Liga Nacional de Mc's em 2009. Muito trabalho e evolução, hoje em dia é referência do rap no brasil.


Batalha da Escadaria - Long.mc x Diomedes




Projota

Projota

O Moleque de Vila é cria de batalha de rua. Projota teve seu primeiro contato com o hip hop na tradicional roda de Santa Cruz (uma das rodas mais tradicionais do rap brasileiro).
Atualmente é um dos rappers mais ouvidos do Youtube, suas músicas fazem parte do dia a dia até de quem não costuma ouvir rap.


Batalha do Santa Cruz - Emicida x Projota (Relíquia)




Predella

Predella

Quem tava lá? Predella com certeza, desde pequeno frequentando as batalhas de rap, apesar de não ter um destaque na cena dos duelos, esteve ao lado dos melhores e guardou esse aprendizado pra evoluir na sua carreira e virar esse sucesso estrondoso que é hoje o Costa Gold.


Predella, com 13 ANOS - Batalha Do Conhecimento




Nocivo Shomon

Nocivo Shomon

O que tem atraido de polêmica nos ultimos tempo, tem de talento. Desde os 15 anos até hoje, Nocivo rima nas rodas, apesar de não ter grande visibilidade e destaque nos duelos de Mcs, é referência do rap de rua e admirado pela nova escola.


Nocivo Shomon Vs Emicida (Relíquia)




Kamau

Kamau

Rimando desde 1997, época que tinha pouca mídia em torno dos artistas, Kamau continuou nas batalhas de free pouco mais alguns anos, porem com foco maior na carreira musical, ganhou em 2008 o prêmio Hutuz de melhor música com "Poesia de Concreto".


Batalha dos Mcs 2004 - Kamau x Slow




Funkero

Funkero

Rodeado pelo funk em sua infância em Jardim Catarina - São Gonçalo(RJ), funkero se considera um rapper que é fã de funk. Conheceu a cultura urbana atavés da pichação, depois para as rodas de freestyle, mas nem sonhava em ser músico, era apenas diversão.


Liga dos MCs 2005 - Funkero x Dropê




Rashid

Rashid

Mc Mosca, como era seu vulgo, formou um grupo com Projota (Strondu) aos 14 anos e posteriormente, mergulhou nas rodas de free por volta de 2006. Rashid, junto com Emicida, foi um dos únicos a conquistar troféu "Galo de Ouro", por ter vários títulos consecutivos na Batalha do Santa Cruz.


Rinha dos Mcs 2007 - Emicida x Mosca (Rashid)




Froid

Froid

Froid teve participações tímidas nas batalhas de Brasília e pouco destaque, porem se popularizou após se juntar com outros mcs e fazer parte do grupo "Um Barril de Rap" que nasceu no final de 2012. Atualmente o rapper e um dos mais ouvidos da nova geração do rap brasileiro e é integrante de um grupo que leva seu nome.


Batalha do Museu - Dejah x Froid




Orochi

Orochi

Campeão da Liga de Mc's Nacional em 2015, MC Orochi com seu estilo próprio de freestyle conquistou o público representando a roda cultura do Tanque em São Gonçalo(RJ). Atualmente faz parte do grupo Modéstia Parte.


Duelo de MCs Nacional 2015 - Alves x Orochi




Choice

Choice

Choice Super Hip Hop, desacreditado nas rodas, canalizou toda suas energias em aprendizado e surpreendeu a todos. Representante do RJ no Nacional de Mcs 2017, mostrou porque merece todos os elogios que vem recebendo nos últimos meses.


Choice X Jhony - Final da Seletiva 2017 ( RJ )




Xamã

Xamã

Com passagem em todas as rodas culturais do RJ, músico serial killer, quando você ouve seu ultimo lançamento, ele já tá lançando outra. Participações em várias músicas de sucesso, Xamã atualmente segue sua trajetória em carreira solo.


Batalha do Real - Xamã x Big Black



Considerações

Listamos alguns dos nomes que começaram sua trajetória nas batalhas de rima e hoje estão a frente do rap brasileiro nos palcos de todos Brasil. Temos muitos outros grandes artistas ganhando cada vez mais espaço como: Sid, Knust, Pelé, Chris, PK, Azzy, entre outros.
Espero que tenha gostado da lista, e comentem quem vocês acham que deveria, também, fazer parte dela nos comentários. Tamo junto família, #rapSalva.


Quer Treinar seu Freestyle?